mão masculina mexendo em uma calculadora

O trabalho informal é a principal fonte de renda da população em 11 estados brasileiros, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua). 

O levantamento mostra que 38,8 milhões de pessoas trabalham sob condições informais, equivalentes a 41,1% de todos os trabalhadores no país. Desse total, 24,6 milhões trabalham por conta própria, maior número na série histórica desde 2012.

Entre os principais motivos para essa migração do trabalho com carteira assinada para a informalidade, estão a crise causada pelo coronavírus, a alta nos índices de desemprego – que hoje atinge 12,5% da população brasileira -, além da flexibilização das leis trabalhistas.

Ou seja, há muitas pessoas no Brasil hoje que dependem do trabalho autônomo para pagar as contas, inclusive as referentes à moradia. Nesse contexto, uma dúvida frequente que ouvimos no mercado imobiliário, é: como comprar ou alugar um imóvel sendo autônomo?

A seguir, listamos para você todas as informações e dicas sobre o tema em um artigo completo. Nele, você confere:

– Como comprar um imóvel sendo autônomo em Franca

– Como alugar um imóvel sendo autônomo em Franca

– Encontre os melhores imóveis para comprar ou alugar em Franca

Leia também: Pesquisas revelam os tipos de imóveis mais procurados na pandemia

Como comprar um imóvel sendo autônomo em Franca

O primeiro passo para buscar o financiamento ideal, é entrar em contato com os bancos e saber das possibilidades que eles oferecem para autônomos. Com isso, você consegue definir a melhor escolha de acordo com sua condição financeira e quais são os documentos necessários para solicitar o crédito imobiliário.

Normalmente, os documentos para comprar um imóvel sendo autônomo em Franca são:

Declaração de Imposto de Renda

Mesmo que o trabalhador autônomo seja isento do pagamento de impostos, a declaração anual do imposto de renda serve como um comprovante de rendimento. 

Com o IR, mesmo as movimentações que não aparecem no extrato bancário estarão compondo a declaração, o que pode facilitar a aprovação do financiamento para comprar seu imóvel. Por isso é tão importante manter essas declarações em dia. 

Extrato bancário

Os extratos bancários dos últimos meses são muito úteis para mostrar a movimentação da sua conta e comprovar o recebimento de renda. Entretanto, eles geralmente não são suficientes para o banco. Isso significa que outros documentos podem ser solicitados.

Uma dica é usar somente uma conta para registrar essas movimentações, evitar utilizar o limite do banco e manter essa conta sempre ativa. Caso receba dinheiro também em outras contas ou à vista, faça transferências e depósitos para juntar todo o valor no mesmo extrato. Assim, fica mais fácil usá-lo como comprovante de renda.

Decore

Outra forma de comprovar renda sendo autônomo, é solicitar a emissão da Decore — declaração comprobatória de percepção de rendimentos. Este documento serve como comprovação de renda para empreendedores, profissionais liberais ou autônomos e deve ser emitido por contadores profissionais.

Este profissional realizará a análise de alguns documentos referentes aos seus rendimentos, como declaração de imposto de renda, os contratos de prestação de serviços ou recibos de pagamentos autônomos.

Com isso em mãos, o contador redige uma declaração que comprova sua renda como autônomo. No entanto, a Decore deve ser aprovada pelo Conselho Regional de Contabilidade, por isso é imprescindível procurar um profissional cadastrado na instituição.

Outros comprovantes

Você também pode utilizar diretamente os comprovantes do seu trabalho para financiar um imóvel sendo autônomo. Entre eles, você pode apresentar o alvará de funcionamento, registro da empresa (ou do microempreendedor individual – MEI), além de contratos e recibos.

Documentos relacionados à participação em cooperativas, sindicatos e associações profissionais também podem ser utilizados. Além disso, são úteis os comprovantes de contribuição do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e do ISS (Imposto Sobre Serviços).

Composição de renda de duas ou mais pessoas

Ao realizar a análise de renda, o banco só aprova o financiamento imobiliário se o valor da parcela não ultrapassar 30% do valor da sua renda mensal. Caso sua renda não atinja essa porcentagem, uma alternativa é comprar ou alugar o imóvel com duas ou mais pessoas. A prática é permitida pela maioria das instituições financeiras e imobiliárias.

Isso pode ser feito com o cônjuge, parentes e até pessoas sem vínculo familiar, como amigos ou colegas de faculdade. O que vale, nesse caso, é que os participantes na comprovação de rendimentos constem no contrato de aluguel ou compra e venda, assumindo parte da responsabilidade pelo pagamento do imóvel.

Então um autônomo pode financiar um imóvel?

Sim, um trabalhador autônomo pode financiar um imóvel em Franca. No entanto, muitas pessoas ainda têm dúvidas se isso é realmente possível. Principalmente, porque por muito tempo a única forma de comprovar a renda para as instituições financeiras e bancos, era apresentando a carteira de trabalho assinada ou o contracheque. 

Com a evolução do mercado, porém, esse processo passou por muitas mudanças e novas possibilidades passaram a ser oferecidas para pessoas sem carteira assinada e trabalhadores autônomos. 

Hoje, portanto, é totalmente possível financiar um imóvel sendo autônomo. Para isso, basta escolher uma das alternativas listadas no tópico anterior deste texto. 

Como alugar um imóvel sendo autônomo em Franca

Na Parra, para alugar um imóvel em Franca sem registro em carteira, o candidato a inquilino deve apresentar os seguintes documentos:

Documentos pessoais

Os primeiros documentos a serem apresentados são os documentos pessoais, como RG e CPF. Para pessoas jurídicas é necessário o contrato social, ficha de inscrição estadual e/ou municipal e o cartão de CNPJ, além dos documentos pessoais dos sócios.

Comprovante de renda

Também são solicitados comprovantes de renda, como os 3 últimos holerites ou 3 extratos bancários completos dos últimos três meses. Este valor precisa ser 3 vezes superior ao valor do aluguel do imóvel pretendido. Para PJ é solicitado o último balanço feito por contador certificado.

Comprovante de residência

Qualquer documento, como uma fatura de luz, serve como um comprovante de residência para pessoa física, lembrando que precisa estar em nome do futuro inquilino. Nos casos de PJ é necessário o comprovante de endereço e de propriedade da empresa, além dos comprovantes pessoais dos sócios.

Imposto de renda

Declarante ou não, é solicitado o último imposto de renda do inquilino para conferência. Para PJ é pedido a última declaração de imposto de renda da empresa.

Além disso, o candidato a inquilino deve apresentar a documentação de acordo com a garantia que escolher: fiador, seguro fiança, caução por capitalização ou CredPago

Veja aqui quais os documentos para alugar imóvel em Franca.

Encontre os melhores imóveis para comprar ou alugar em Franca

Se você procura imóveis para comprar ou alugar sendo autônomo, conte com a Parra Imobiliária! Estamos aqui para te ajudar a realizar o seu sonho com menos burocracia e muito mais agilidade. Além disso, contamos com os melhores imóveis à venda e imóveis para alugar em Franca.

Veja aqui como alugar um imóvel em Franca com a Parra. E aqui como comprar um imóvel em Franca. Em caso de dúvidas ou se precisar de ajuda, fique à vontade para entrar em contato conosco.